Capital Próprio x Capital de Terceiros: qual a diferença?

Quando iniciamos a faculdade de ciências contábeis, durante as aulas da primeira disciplina de contabilidade introdutória, nós aprendemos o que é capital próprio e capital de terceiros, mas geralmente não damos a devida importância a esses dois conceitos na vida de uma empresa. Você sabe qual é a diferença entre os dois? Nesse artigo vamos te explicar a diferença entre eles. 

Seja um Profissional da área Contábil, mesmo que ainda não tenha a prática do dia a dia!

Você pode ter acesso a um atalho e dominar rapidamente Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, todas as rotinas e obrigações de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido, MEIs, Imposto de Renda e muito mais…

Se você está em busca de conhecimento para conquistar um bom emprego ou ter um escritório de contabilidade, clique no link abaixo e conheça o caminho mais rápido para ter a Prática Contábil.

[  DOMINAR A PRÁTICA CONTÁBIL  ]

O que é Capital Próprio?

O capital próprio nada mais é do que o capital líquido da empresa, isto é,  todo o patrimônio que a empresa possui. Os sócios e acionistas recebem os lucros do seu negócio.  No capital inicial, ou seja, no primeiro capital social investido, eles podem optar por aumentar ou diminuir o valor do montante correspondente ao seu capital próprio. 

O que é Capital de Terceiros?

O Capital de Terceiros são todos os recursos oferecidos por uma entidade externa, em outras palavras, é o que vem de fora da organização. Desse modo, a empresa quando consegue créditos de fora como por exemplo, financiamento e empréstimos que podem ser solicitados via instituições bancárias (Bancos, Financeiras, plataformas de empréstimos), etc., ela adiciona esse valor ao seu ativo e sendo assim, isso significa que ela pode executar e tomar decisões sobre os objetivos da empresa. 

Seja um profissional da área de Departamento Pessoal, mesmo que ainda não tenha a prática do dia a dia?

Você pode ter acesso a um atalho e dominar rapidamente as rotinas e procedimentos de Folha de Pagamento, Admissão e Demissão de Funcionários, eSocial e muito mais…

Se você está em busca de conhecimento para conquistar um bom emprego ou prestar serviços de DPclique no link abaixo e conheça o caminho mais rápido para ter a Prática no Departamento Pessoal.

[  DOMINAR A PRÁTICA NO DP  ]

Qual é a diferença entre o capital próprio e o capital de terceiros?

A diferença entre os dois são suas obrigações, enquanto o capital próprio permite que os seus investidores recebam uma divisão de lucros, o capital de terceiros não depende do desempenho da empresa e precisa ser pago com juros, já que é um pagamento de um valor emprestado.  

Em resumo, pode ser que o capital de terceiros seja mais barato, pois podemos parcelar esse valor de acordo com a capacidade financeira da empresa. E assim não “sufoca” o empresário que pode se arriscar mais em seus negócios. 

Diferente do capital próprio, que o sócio ou investidor precisa comprovar que a empresa tem um capital negativo, nulo, ou positivo.

Gostou desse artigo? Nós do Viver de Contabilidade torcemos para o seu sucesso profissional!

Seja um Profissional da área Contábil, mesmo que ainda não tenha a prática do dia a dia!

Você pode ter acesso a um atalho e dominar rapidamente Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, todas as rotinas e obrigações de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido, MEIs, Imposto de Renda e muito mais…

Se você está em busca de conhecimento para conquistar um bom emprego ou ter um escritório de contabilidade, clique no link abaixo e conheça o caminho mais rápido para ter a Prática Contábil.

[  DOMINAR A PRÁTICA CONTÁBIL  ]