CFOP: tudo que você precisa saber!

Os documentos fiscais sempre têm vários números e descrições, o que faz com que seja preciso muita atenção na hora do seu preenchimento.

Algo que é obrigatório estar presente na hora da sua emissão é o CFOP, que é o código fiscal que identifica uma determinada operação na nota fiscal.

Ele é essencial para emissão das notas fiscais e pode ser consultado na Tabela CFOP, evitando erros e permitindo a correta contabilização da operação, bem como o recolhimento dos tributos que incidem sobre ela.

Para tirar todas as suas dúvidas sobre o CFOP, separamos todas as informações e a Tabela de CFOP a seguir!

Continue lendo e confira!

O que é CFOP?

O CFOP (Código Fiscal de Operações e Prestações) identifica uma determinada operação por categorias no momento da emissão da nota fiscal, definindo como ocorrerá ou não o pagamento dos impostos sobre mercadorias recebidas e transportadas.

As informações sobre a tributação dependem dele, pois a operação será fixada e é de  interesse do Fisco. Sendo assim, os diferentes tipos de CFOP separam as notas fiscais por tipo, ou seja, nota de entrada e saída, por natureza e região.

O CFOP contém quatro dígitos com suas identificações específicas. Veja a seguir o que significa cada uma das iniciais do CFOP:

1º Dígito – Entradas

  • 1.000 – Entrada ou Aquisições de Serviços do Estado
  • 2.000 – Entrada ou Aquisições de Serviços de Outros Estados
  • 3.000 – Entrada ou Aquisições de Serviços do Exterior

1º Dígito –  Saídas

  • 5.000 – Saídas ou Prestações de Serviços para o Estado
  • 6.000 – Saídas ou Prestações de Serviços para outros Estados
  • 7.000 – Saídas ou Prestações de Serviços para o Exterior.

2º Dígito

O segundo dígito do CFOP vai determinar qual o grupo de mercadoria ou operação o documento fiscal é referente.

3º Dígito e 4º Dígito

O terceiro e quarto dígitos também especificam sobre a operação. Entretanto, diz respeito ao tipo de prestação de serviço que ocorreu na nota fiscal. 

Para que serve o CFOP?

O CFOP serve para classificar produtos, serviços e bens, identificando as suas origens. Ele indica a circulação das mercadorias em âmbito estadual, nacional e internacional.

Além disso, ele também define se a operação terá interferência no recolhimento de impostos ou não. Por isso, os documentos fiscais, como a Nota Fiscal Eletrônica – NF-e, Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor – NFC-e, precisam estar sempre de acordo com os produtos vendidos ou recebidos. 

Assim, o Governo, a Receita Federal e outros órgãos competentes conseguem fazer toda a conferência da operação.

Qual o objetivo do CFOP?

O CFOP garante uma maior transparência das operações de compra e venda das empresas ao Fisco, permitindo que os impostos devidos possam ser cobrados de maneira correta.

Além disso, a visualização do código CFOP diferenciada possibilita uma melhor gestão empresarial, mantendo o controle do número de pedidos e produtos em estoque e reduzindo o risco de perdas.

O que é tabela CFOP e como consultar?

A tabela CFOP é uma lista de códigos publicada pelo governo para uso dos contribuintes em seus documentos fiscais.

Ela está disponível no site da Confaz e da Secretaria da Fazenda de cada estado. 

E-book Gratuito: Guia Completo e Definitivo da Área Contábil

Receba gratuitamente em seu E-mail, informando seus dados abaixo.


 

Você precisa da Prática Contábil para trabalhar na área?

Que tal absorver 12 anos de conhecimento na área em pouco tempo?

Você pode ter acesso a um atalho para dominar Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido

Se você está em busca de conhecimento para conquistar um bom emprego ou estar pronto para as oportunidades, clique no link abaixo e conheça o caminho mais rápido para ter a Prática Contábil.

CONHECER

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *