Conselhos de contabilidade completam 75 anos em 2021

Tempo de leitura: 3 minutos

O ano de 2021 será um marco para os profissionais da área contábil, pois os conselhos de contabilidade completam 75 anos em maio. A comemoração é referente a criação do Conselho Federal (CFC) e dos Conselhos Regionais da profissão (CRCs), que formam o Sistema CFC/CRCs.

De acordo com informações do CFC, esse sistema foi criado através do Decreto 9592, assinado pelo então presidente da República, Eurico Gaspar Dutra, no dia 27 de maio de 1946. À época, os profissionais de contabilidade lutavam pelos direitos do setor, já que o projeto ficou parado no Ministério do Trabalho por cerca de um ano.

Entender a história da profissão é essencial para quem pretende trilhar uma carreira promissora, então se você é contador ou está na graduação de Ciências Contábeis, leia este artigo para descobrir qual a história e as contribuições do Sistema CFC/CRCs para a contabilidade que conhecemos hoje.

Como o CFC foi criado?

O Sindicato dos Contabilistas de São Paulo teve participação crucial para o surgimento do Conselho Federal de Contabilidade. Em março de 1945, o grupo encaminhou uma correspondência ao governo. Na carta, o sindicato lembrou que o projeto sobre o CFC estava parado no Ministério do Trabalho, ressaltou que já existiam órgãos semelhantes para outras classes liberais e reforçou a necessidade de representação dos profissionais de contabilidade.

Posteriormente, em 17 de maio, o então ministro do Trabalho, Negrão de Lima, juntamente com o presidente da república da época, se reuniram com representantes dos sindicatos contábeis de São Paulo e do Rio de Janeiro, e então, a legislação foi assinada.

Professor, subchefe da Casa Civil da presidência da República e funcionário do Ministério Público, Paulo de Lira Tavares foi eleito o primeiro presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) um dia após a criação do órgão.

Conselhos Regionais de Contabilidade

A instalação dos Conselhos Regionais de Contabilidade – criado juntamente com o CFC – também passou por dificuldades. Enquanto o CRC do Paraná começou a se formar no fim de 1946, o do Rio de Janeiro foi formado em maio de 1947, com um ano de existência.

Inicialmente, a ideia era que profissionais de alguns estados fossem registrados em outros conselhos regionais, já que não foi possível instalar a quantidade necessária de órgãos. Dessa forma, contadores do Maranhão precisavam fazer o registro profissional no Piauí. O CRC do Pará era responsável pelos profissionais do Acre e Amapá, o Rio Grande do Norte era atendido pelo conselho da Paraíba e o Espírito Santo pelo Conselho Regional do Rio de Janeiro. Atualmente existe um Conselho Regional de Contabilidade em cada estado.

Conquistas

As condições e disposição para o funcionamento dos CRCs foram as primeiras conquistas do Conselho Federal de Contabilidade, bem como o registro profissional de contador, que até então recebia o nome de guarda-livros, foi a primeira ação dos conselhos regionais, seguida pela fiscalização.

Nos dias de hoje, o Sistema CFC/CRCs inclui também parcerias com universidades, que garantem a qualificação dos contadores na hora de prestarem os serviços de qualidade exigidos pelo mercado de trabalho. Além disso, os profissionais da área possuem uma plataforma online para a impressão de anuidade, esclarecimento de dúvidas, denúncias, declarações, certidões e outros documentos contábeis.

Como podemos perceber, os contadores enfrentaram inúmeros obstáculos para conquistarem as atuais condições de trabalho, o que nos permite comemorar esses 75 anos em grande estilo. Segundo Zumir Breda, presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), será um ano de comemorações e homenagens a todos que fizeram parte dessa trajetória de grandes conquistas. Em breve, a programação será divulgada pelo órgão.

E-book gratuito com tudo que você precisa dominar para ser um verdadeiro Contador Profissional.

Você gostaria de ter a Prática Contábil?

Dominar as atividades do dia a dia de um contador e atuar na área Fiscal, Contábil e Legal da contabilidade?

Já pensou em aprender 12 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Temos uma formação completa que ensina tudo que um contador precisa saber no dia a dia, Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado, e o melhor, na Prática!

Se você precisa da Prática Contábil, CLIQUE AQUI e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil