Férias Fracionadas: entenda as regras e como funciona

Férias Fracionadas: entenda as regras e como funciona

As férias são um período de descanso anual, previsto por lei, que deve ser concedido ao colaborador, como um direito garantido pela Constituição e pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).  No total, são 30 dias de férias remuneradas, que podem ser usufruídos de maneira contínua, ou até mesmo, utilizando o modelo de Férias Fracionadas. 

O que são Férias Fracionadas?

A Reforma Trabalhista, Lei n° 13.467/2017, com início de vigência em 11.11.2017, trouxe uma importante novidade com relação às férias individuais do empregado: a possibilidade de fracionar o período.

Esse fracionamento é um modelo de férias que permite flexibilização e dinamismo ao colaborador, concedendo a oportunidade de dividir os 30 dias de descanso remunerado em períodos mais curtos.

Assim, desde que cumpridos alguns critérios, o empregador poderá, com a anuência do empregado, fracionar seu período de férias. Por exemplo, se você não quiser tirar 30 dias consecutivos de férias, é possível dividir a quantidade de dias em períodos pré-determinados.

Férias Fracionadas e Reforma Trabalhista: o que mudou?

A Reforma Trabalhista alterou diversos pontos importantes das leis vigentes de trabalho, contratos e negociações entre empresas e colaboradores. Uma das mudanças significativas impostas pela Reforma foi a alteração no artigo 134 da CLT que norteia as diretrizes das Férias Fracionadas. 

Com a nova atualização, é possível tirar até três períodos de férias, contanto, que um desses períodos seja de no mínimo 14 dias e os demais, nunca inferiores a 5 dias. 

Confira um artigo completo com todas as mudanças na concessão de férias após a reforma trabalhista. 

Férias Fracionadas em três períodos: como funciona?

Com a possibilidade de fracionar as férias em até três períodos, muitos colaboradores ainda demonstram dúvidas sobre o funcionamento prático do modelo. Confira abaixo as alterações mais significativas: 

  • As férias fracionadas seguem as mesmas regras das férias comuns, e só são permitidas após 12 meses de trabalho. 
  • As férias fracionadas em 3 períodos devem ocorrer através de um acordo mútuo entre empregadores e empregados.
  • É possível tirar até 3 períodos de férias, contanto, que um desses períodos seja de no mínimo 14 dias e os demais, nunca inferiores a 5 dias.  
  • Mesmo fracionando as férias, ainda é possível vendê-las, respeitando a regra de ⅓ das férias.
  • Menores de 18 e os maiores de 50 podem aderir ao fracionamento, sem restrição.
  • As férias coletivas podem ser fracionadas, mas somente em 2 períodos anuais, não podendo nenhum deles ser inferior a 10 dias. 
  • Empregados domésticos seguem outra legislação e só podem fracionar férias em 2 períodos, desde que um deles não seja inferior a 10 dias corridos.

Pagamento de Férias Fracionadas: entenda como funciona

O pagamento das férias, sejam fracionadas ou não, não sofrem alterações, mantendo todas as regras e diretrizes anteriores, com o pagamento efetuado 2 dias antes do início das férias. 

É importante lembrar que o pagamento das férias é proporcional aos dias de férias concedidos. Ou seja, se forem solicitados 14 dias de férias, o pagamento será referente a esse período.

Exemplos práticos de Férias Fracionadas em 3 períodos

1º período: 5 dias corridos

2º período: 11 dias corridos

3º período: 14 dias corridos

 ou 

1º período: 14 dias corridos

2º período: 8 dias corridos

3º período: 8 dias corridos

     ou 

1º período: 20 dias corridos

2º período: 5 dias corridos

3º período: 5 dias corridos

Especialização em Departamento Pessoal

Entenda todos os procedimentos técnicos do Departamento Pessoal na Prática. Domine as rotinas de DP de forma simples e descomplicada com profissionais experientes e atuantes na área. Acesso o treinamento DP NA PRÁTICA e comece a trilhar o seu caminho em direção ao mercado de trabalho. 

Receba esses E-books Gratuitos

Guia Completo e Definitivo da Área de Departamento Pessoal + Raio X da profissão Analista de DP

Receba gratuitamente em seu E-mail, informando seus dados abaixo.

Seja um Profissional da área de Departamento Pessoal, mesmo que ainda não tenha a prática do dia a dia?

Você pode ter acesso a um atalho e dominar rapidamente as rotinas e procedimentos de Folha de Pagamento, Admissão e Demissão de Funcionários, eSocial e muito mais…

Se você está em busca de conhecimento para conquistar um bom emprego ou prestar serviços de DPclique no link abaixo e conheça o caminho mais rápido para ter a Prática no Departamento Pessoal.

TER A PRÁTICA NO DEPARTAMENTO PESSOAL