Os Princípios da Contabilidade

Tempo de leitura: 2 minutos

Quer se tornar um contador de sucesso? Conhecer e dominar os princípios da contabilidade são os primeiros passos para você começar a se destacar na profissão.

Os princípios da contabilidade são um conjunto de diretrizes que delimitam a aplicação da Ciência da Contabilidade e trazem a essência das convenções estabelecidas aos profissionais, para que registrem os fatos contábeis de forma unificada, segundo as Normas Brasileiras de Contabilidade.  Tratam-se de itens fundamentais para que o profissional cumpra seu trabalho com eficiência e qualidade.

É verdade que a Resolução 750/1993 foi revogada, a partir de 2017, e muito se fala sobre a contabilidade ter deixado de ter princípios. No entanto, é importante ressaltar que não foram extintos, apenas passaram a ter o conteúdo diluído e estão em CPCs específicos. Sendo assim, continua necessário conhecê-los.

Esses princípios estão condensados em seis tópicos:

  1. Princípio da Entidade

Reconhece o Patrimônio como objeto da Contabilidade e afirma a autonomia patrimonial. Ou seja, o patrimônio da empresa não deve ser confundido com o dos proprietários ou sócios. Cada um terá suas próprias despesas e elas não devem ser misturadas.

  1. Princípio da Continuidade

Pressupõe que a Entidade (empresa) continuará em operação no futuro. Essa continuidade influencia na mensuração e apresentação dos elementos que compõem o patrimônio da entidade. Portanto, o tempo de vida da empresa está relacionado ao valor patrimonial que ela possui.

  1. Princípio da Oportunidade

Refere-se ao controle da informação contábil, com a identificação de todos os fatos que podem afetar o patrimônio. A descrição de acontecimentos relevantes devem ser relatados no momento em que acontecem e mesmo na hipótese de alguma incerteza.

  1. Princípio do Registro pelo Valor Original

Determina que os componentes do Patrimônio devem ser registrados de acordo com os valores originais das transações, expressos em moeda nacional e mantidos na avaliação das variações patrimoniais posteriores, inclusive quando configurarem agregações ou decomposições no interior da entidade.

  1. Princípio da Competência

Estabelece que receitas e despesas sejam incluídas na apuração de resultados do período em que ocorreram, independentemente do recebimento ou pagamento e simultaneamente quando se correlacionarem. Dessa forma, será determinado se houver aumento ou diminuição do patrimônio líquido.

  1. Princípio da Prudência

Determina a adoção do menor valor para os componentes do ativo e do maior valor para os componentes do passivo, sempre que houver alternativas igualmente válidas para a quantificação das variações patrimoniais que alterem o patrimônio líquido.  Assim, o objetivo é prever possíveis prejuízos e não antecipar lucros, gerando maior confiabilidade ao processo de mensuração e apresentação dos componentes patrimoniais.

14 Comentários


    1. Muito importante o assunto. Resumidamente, se o profissional se atentar para estes princípios dificilmente terá problemas na continuidade da empresa.


  1. Muito bom,assunto de grande importância a formação do profissional contábil!


  2. Bom artigo.Gostaria de ver artigos relacionados com a contabilidade do terceiro setor.


  3. Bom artigo, só vale lembrar que as resoluções do CFC que tratavam sobre os princípios foram revogadas pela publicação da NBC TSP EC e que, mesmo com isso passaram a ser comportados dentro das normas específicas, respectivamente, a NBC TG Estrutura Conceitual (Resolução nº 1.374/2011) e NBC TSP EC.
    abs.


    1. Antonio, realmente foi revogados a partir de 2017, e muito se falou sobre a contabilidade ter deixado de ter princípios. No entanto, é importante ressaltar que não foram extintos, apenas passaram a ter o conteúdo diluído e estão em CPCs específicos.


  4. bom artigo…
    se você me permitir acredito que as maiores dúvidas estão relacionadas às práticas, o dia a dia do contador. por exemplo: o passo a passo para abrir uma empresa. se poder considerar agradeço.


    1. Hendrick obrigado pela sugestão. É um pouco complicado falar em um artigo de práticas contábeis. Esse tipo de informação está nas aulas dos vídeos do treinamento, aí sim é possível mostrar na prática como funciona todo o processo.


  5. Alguns princípios básicos que muitos contadores formados não tem na ponta da língua.

Comentários encerrados.