Passo a passo para abrir uma empresa – Guia Descomplicado

Passo a passo para abrir uma empresa – Guia Descomplicado

 Alô Contador! Procurando um passo a passo para abrir uma empresa? 

Se você é um contador em início de carreira, com certeza tem muitas dúvidas em relação a todos os processos, etapas, documentos e burocracias para realizar uma abertura oficial da forma correta, certo?

Pensando nisso, preparamos um guia descomplicado, com um passo a passo seguro para que você realize os procedimentos técnicos de forma simples e efetiva. 

Confira abaixo as principais respostas a todas as suas dúvidas técnicas, e a seguir, um passo a passo detalhado para que você consiga abrir empresas e conquistar novos clientes. 

Quanto custa abrir uma empresa? Custos e taxas para abertura de empresa [2022]

Os valores de taxas para abrir uma empresa no Brasil podem variar de estado para estado e podem sofrer alterações de acordo com o tipo e categoria de empresa que será aberta. 

O custo com as documentações necessárias e a contratação de um contador ou escritório de contabilidade podem variar de  R$400 a R$1.500.

Confira quanto custa abrir uma empresa no Brasil e todos os custos e taxas envolvidas nesse processo para que você monte um orçamento adequado para os seus clientes. 

Quais são os documentos necessários para abrir uma empresa? 

Documentos pessoais: 

  • RG ou CNH;
  • CPF;
  • Certidão de casamento (se for casado);
  • Comprovante de endereço residencial. 

Lembrando que esses são os documentos básicos. Ao decorrer do processo podem ser solicitados outros documentos. Portanto, fique atento! 

Documentos para a empresa: 

  • Comprovante de endereço comercial onde será a sede da empresa (se for diferente do endereço residencial);
  • IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) ou outro documento que conste a Inscrição Imobiliária ou Indicação Fiscal do imóvel que irá abrigar o estabelecimento.

Quanto tempo leva para abrir uma empresa no Brasil?

O tempo médio para abrir uma empresa no Brasil é de 1 a 5 dias. Podendo variar de acordo com o estado e cidade da empresa, além do formato escolhido (Empresário Individual, Sociedade Limitada, etc.)

Passo a passo para abrir uma empresa sem complicações: documentos e etapas

Chegou a hora de conferir um passo a passo definitivo criado para você contador, que precisa abrir empresas sem dor de cabeça e seguindo o procedimento correto. 

1.Faça um estudo completo da empresa que você pretende abrir 

O primeiro passo para abrir uma empresa  antes de iniciar o processo burocrático abaixo é dedicar parte do seu tempo realizando um estudo preciso com todas as características jurídicas do negócio. 

Comece definindo a natureza jurídica da empresa, o tipo de tributação que melhor se adequa ao negócio do seu cliente e escolha o enquadramento correto de acordo com a perspectiva de faturamento da empresa.

2. Defina a CNAE da empresa

Toda empresa possui um código-CNAE que identifica a atividade da empresa e padroniza os códigos de atividades econômicas. Para consultar e selecionar esse código, você vai precisar acessar o site do Concla IBGE e realizar a pesquisa por meio de palavras-chaves. 

Com o código CNAE em mãos, verifique se a atividade que a empresa do seu cliente irá executar é permitida ou impeditiva no Simples Nacional, se for impeditiva ela precisa ir para outro regime como por exemplo o Lucro Presumido ou Real.  

Se a atividade for permitida no Simples Nacional, confira em qual anexo a atividade se enquadra.

3. Separe todos os documentos para a abertura da empresa

Para abrir uma empresa, você contador, vai precisar separar alguns documentos fundamentais junto com o seu cliente. Oriente-o para organizar:  RG ou CNH, CPF, comprovante de endereço e certidão de casamento. (se for casado). 

Os documentos exigidos para a empresa são bem simples. Comprovante de endereço onde a empresa será aberta e uma cópia do IPTU que conste a Inscrição Mobiliária ou Indicação Fiscal do Imóvel. 

É importante lembrar que essa documentação pode variar de estado para estado.

4. Contrato Social

Com o CNAE definido e todos os documentos devidamente separados, você contador, irá  precisar elaborar o Contrato Social da empresa. 

Esse documento representa o nascimento da empresa do seu cliente, com todos os dados, ramo de atuação ,sócios, capital social e diversas outras informações primordiais. 

Caso não queira gerar o Contrato Social manualmente, a própria Junta Comercial gera no momento do registro da empresa que é o passo 8. 

A emissão e o registro do Contrato Social pode ser feito na Junta Comercial do estado do seu cliente, Cartório de Registro ou se empresa por exemplo, for um escritório de advocacia, pode ser realizado diretamente na OAB.

5. Cadastro no site Gov.br

Com o Contrato Social em mãos, é hora de fazer o cadastro no Portal Gov.br

Esse cadastro vai garantir o acesso a diversos portais e canais de informação da Receita Federal e Previdência, unificando todas as informações necessárias para o acompanhamento de abertura da empresa.

6. Viabilidade – JUCESP

No sexto passo, você vai realizar o preenchimento de um formulário eletrônico no site da Junta Comercial,  solicitando a viabilidade da empresa e irá gerar um número de protocolo Redesim, que poderá ser consultado posteriormente. 

É importante lembrar que cada procedimento de viabilidade pode variar de acordo com a natureza jurídica de cada empresa e do estado de atuação. Fique atento, contador!

7. Abertura da empresa no REDESIM

Com a viabilidade deferida, é hora de preencher o sistema do Coletor Nacional que fica dentro do Redesim

É aqui que você vai gerar o Documento Básico de Entrada (DBE), e prossiga ao próximo passo que é a Junta Comercial. Confira um passo a passo completo para emitir o seu DBE.

8. Registro na Junta Comercial

Com a viabilidade deferida, DBE gerado, e todos os documentos pessoais do seu cliente em mãos, deve ser feito o processo de abertura da empresa no sistema da Junta Comercial para dar entrada no pedido de abertura da empresa. 

O CNPJ finalmente será criado após o deferimento do pedido na Junta Comercial. É aqui que a empresa do seu cliente começa a existir oficialmente. 

 9 – Inscrição Municipal e Licenciamento

Com a documentação deferida e o CNPJ gerado, é hora de fazer a inscrição Municipal na Prefeitura da cidade onde a empresa foi aberta, munido de todos os documentos levantados anteriormente.

A etapa final do processo é o Licenciamento da Empresa. É esse procedimento que autoriza a empresa a iniciar suas atividades e deve ser feito no site da Junta Comercial do seu Estado.

Agora que você já sabe realizar a abertura de uma empresa e todos os procedimentos técnicos necessários para atender os seus clientes da forma correta, que tal aprender na prática todas as técnicas contábeis para rentabilizar os seus serviços? 

Conheça o curso Contador na Prática

Receba esses E-books Gratuitos

Guia Completo e Definitivo da Área Contábil + Raio X das profissões (Analista Fiscal, Contábil e Societário)

Receba gratuitamente em seu E-mail, informando seus dados abaixo.

Seja um profissional da área Contábil, mesmo que ainda não tenha a prática do dia a dia!

Você pode ter acesso a um atalho e dominar rapidamente Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, todas as rotinas e obrigações de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido, MEIs, Imposto de Renda e muito mais…

Se você está em busca de conhecimento para conquistar um bom emprego ou ter um escritório de contabilidade, clique no link abaixo e conheça o caminho mais rápido para ter a Prática Contábil.

TENHA A PRÁTICA CONTÁBIL