Quanto custa abrir uma empresa no Brasil? Preços e categorias

Quanto custa abrir uma empresa no Brasil? Preços e categorias

Quanto custa abrir uma empresa no Brasil? Será que vale a pena?

Você sabia que somente no primeiro trimestre de 2022, mais de 1 milhão de empresas foram abertas no Brasil? 

Pois é, segundo dados da Receita Federal, 79%  dessas empresas são compostas por Microempreendedores Individuais (MEIs), e o restante ,(21%), são constituídas por pequenas, médias e grandes empresas.

 Esse número representa uma melhora na economia do país e um dado importante sobre o potencial das pequenas e microempresas. Além de claro, evidenciar grandes oportunidades para os contadores que desejam oferecer esse tipo de serviço.

Mas será que é fácil e barato abrir uma empresa? 

Afinal, quanto custa abrir uma empresa no Brasil? 

O valor para abrir uma empresa no Brasil é um dos principais fatores levantados por empreendedores que pretendem iniciar um negócio. Os custos, investimentos e processos envolvidos na abertura de uma nova empresa, geralmente são vistos como um empecilho pelos empreendedores. 

É importante ressaltar, que o custo para abrir uma empresa e enfim ter um CNPJ, pode variar de estado para estado, mas no geral, o gasto com todas as documentações necessárias e a contratação de um contador ou escritório de contabilidade podem variar de R$400 a R$1.500.

O valor atribuído a esses gastos, correspondem aos seguintes processos e documentos: 

  • Certificado Digital;
  • Junta Comercial;
  • Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (DARE);
  • Contador ou Escritório de Contabilidade.

Custos para abertura de empresas 

Além dos custos citados anteriormente, existem outros investimentos que podem alterar o valor final para a abertura de uma empresa. Lembrando que todos esses custos podem variar de acordo com o tipo de empresa que você deseja abrir.  

Confira os principais custos envolvidos na abertura de uma empresa:

1.Custos fiscais – R$400 (média)

Esses custos podem variar de acordo com a região e estado de abertura, mas em geral, dois custos fiscais fazem parte desse processo.

  • Junta Comercial: pagamento da (DARE) – Taxa destinada ao registro público da empresa.
  • Certificado Digital:  Documento eletrônico que contém dados sobre a pessoa física ou jurídica que o utiliza, servindo como uma identidade virtual que confere validade jurídica e aspectos de segurança digital em transações digitais.

2. Investimento Inicial e custos mensais – Valor variável

O investimento inicial é o valor atribuído a todos os gastos necessários para que o seu negócio de fato funcione. Portanto, infraestrutura, aluguel, mobiliário, equipamentos, tecnologia, salário de funcionários,  pró-labore de sócios, matéria-prima e tantos outros elementos entram nesse ponto.

Esse com certeza é o fator com o custo mais alto para abertura de uma empresa, afinal, alguns desses valores como contas e salários precisam ser sanados mensalmente.

3.Registro de marca – R$1.700 (média)

Se você pretende registrar o nome da sua marca e produzir campanhas e estratégias de marketing vai precisar efetuar o registro de marca junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), verificando se o nome está disponível para uso e efetuando o pagamento das taxas.

Essas taxas podem sofrer variações, mas no geral, é cobrado um valor para consulta e um segundo valor para o registro oficial do nome. 

Quanto custa abrir uma empresa? Valores de cada categoria

Descubra os principais tipos de empresas abertas no Brasil, suas características e os valores médios praticados. 

MEI – Microempreendedor Individual – R$0 – Isento 

O MEI é um modelo empresarial simplificado, com limite de faturamento anual de R$81 mil, criado para facilitar a formalização de trabalhadores que atuam de maneira autônoma. 

O MEI (Microempreendedor Individual) é a única categoria que não paga nenhuma taxa para a sua abertura.

É importante ressaltar que os microempreendedores individuais são regulamentados pela Lei Complementar 128 de 2008, art. 18°, que garante a tramitação simplificada para a sua abertura com isenção total de taxas. 

Quem deseja abrir uma empresa MEI , pode realizar o processo de forma gratuita através do site  Portal do Empreendedor

Taxas para manutenção do MEI

Para manter o MEI aberto, os microempreendedores devem arcar com despesas mensais através do recolhimento da DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) que corresponde a 5% do salário mínimo em vigor. 

  • Comércio e Indústria: R$61,60.
  • Serviços R$65,60.
  • Comércio e Serviços: R$66,60.

Empresário Individual (EI)  R$100 (média – Taxa da Junta Comercial)

A categoria EI é constituída por uma pessoa física que se posiciona como proprietária da empresa. Aqui, o empresário responde com seu patrimônio pessoal pelas obrigações contraídas por sua empresa. 

O que a diferencia do MEI é a flexibilidade do seu faturamento e número de empregados. Enquanto o MEI está restrito a uma faixa anual de R$81 mil reais por ano, o EI pode atingir até 4,8 milhões anuais, a depender do seu porte e regime.

Para abrir uma empresa EI em São Paulo, por exemplo, o valor médio é de R$100. (Taxa da Junta Comercial). Esse valor pode variar de acordo com a Junta Comercial do seu estado. 

Sociedade Limitada LTDA – R$227 (média – Taxa da Junta Comercial)

A Sociedade Limitada, conhecida popularmente como LTDA, é um tipo de empresa com um ou mais sócios no qual o capital investido por cada um define a sua participação nos negócios. 

Na cidade de São Paulo, o valor para abrir uma empresa na Jucesp na categoria de Sociedade Limitada é de R$227,63. (Taxa da Junta Comercial)

Uma dica extra  interessante, é que se você realizar a abertura da sua empresa pelo Balcão único – Redesim, essas taxas não serão cobradas. 

Esses são os principais tipos de empresas abertas no Brasil. Confira como se aprimorar e dominar os processos de abertura e registros de empresas:

Renda extra com Abertura de Empresas: oportunidade para o Contador Iniciante

Agora que você já sabe quanto custa abrir uma empresa é importante entender que esse é um dos serviços contábeis mais procurados no Brasil. Que tal rentabilizar o seu conhecimento e ganhar dinheiro realizando aberturas de empresas de forma simples?

Para isso é necessário conhecimento e técnicas otimizadas. Conheça o curso Contador na Prática

Receba esses E-books Gratuitos

Guia Completo e Definitivo da Área Contábil + Raio X das profissões (Analista Fiscal, Contábil e Societário)

Receba gratuitamente em seu E-mail, informando seus dados abaixo.

Seja um profissional da área Contábil, mesmo que ainda não tenha a prática do dia a dia!

Você pode ter acesso a um atalho e dominar rapidamente Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, todas as rotinas e obrigações de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido, MEIs, Imposto de Renda e muito mais…

Se você está em busca de conhecimento para conquistar um bom emprego ou ter um escritório de contabilidade, clique no link abaixo e conheça o caminho mais rápido para ter a Prática Contábil.

TENHA A PRÁTICA CONTÁBIL