Você sabe calcular seus honorários contábeis?

Tempo de leitura: 4 minutos

Diante de um mercado cada vez mais competitivo, o profissional contábil precisa saber calcular seus honorários contábeis de forma justa e segura. Quase que diariamente é necessário que ele mostre seu valor ao mercado e aos seus clientes; para isso é preciso se aprofundar em suas despesas e cobrar corretamente.  

Já que o principal responsável pelo crescimento do seu escritório é você mesmo: Contador! Você é o responsável por ampliar as chances de sucesso dos seus clientes e por lembrar que os seus clientes estão na busca de lucros em suas operações. No entanto, isso só será possível se você fizer um bom planejamento de acordo com as necessidades de cada cliente e, para calcular corretamente seu honorário contábil, é essencial que você conheça fortemente os desembolsos de sua operação. 

Como devo calcular o valor a ser cobrado de cada cliente?

Atualmente temos uma certa dificuldade em definir um preço justo e competir com honorários de diversas empresas de contabilidade, porém se você conhece seus gastos, a segurança e lucratividade de cada cliente, isso o  ajudará a definir seu preço e é aí que você se torna privilegiado. O que devemos avaliar no primeiro momento são nossas despesas, como por exemplo:

  • Despesas com internet;
  • Despesas com telefone;
  • Colaboradores;
  • Despesa com água;
  • Despesa com luz;
  • Aluguel do escritório;
  • Motoboy;
  • Sistema de contabilidade;
  • Serviços de cópia, digitalização, encadernação, entre outros.

Podemos nos basear em tabelas conforme nosso sindicato ou conselho e mesmo que ainda que muitas vezes essas tabelas estejam desatualizadas, podemos considerá-las como base para elaborar nossa precificação, mesmo que seja uma tabela de alguns anos atrás.

Além disso, o contador deve analisar tudo o que  investiu no escritório, analisar o tempo dedicado a cada cliente  e assim, definir o seu valor cobrado mensalmente. Lembrando que o contador precisa ser capaz de cobrir não só a infraestrutura do seu local de trabalho, como também pequenas eventualidades como pagamento de impostos e despesas gerais do seu escritório.

Como formar o preço e o valor do serviço?

Precisamos destacar que valor e preço são diferentes, já que o valor é demonstrar ao cliente qual será o ganho ao te escolher como empresa contábil e preço é precificar o seu serviço prestado. 

Podemos dar como exemplo, um erro muito comum entre os contadores que é só cobrar o básico por serviços prestados, como: 

  • Assessoria contábil, fiscal, departamento pessoal;
  • Entregar as obrigações acessórias
  • Calcular e enviar impostos; 
  • Elaborar as demonstrações financeiras

Já sabemos que a maioria dos contadores faz isso. E o seu cliente precisa saber qual o diferencial da sua prestação de serviço como: uma consultoria, planejamento tributário, uma ligação todo mês, uma visita, ou seja, aquilo que agregue o maior valor possível a ele, já que nesse caso ele já não estará procurando pelo melhor preço.

Demonstrar valor ao seu cliente significa que ele receberá um serviço completamente diferente de outras contabilidades, a empresa do seu cliente não só estará regular perante as suas obrigações, mas também saberá que pode contar com o seu contador. 

Como eu posso me diferenciar da concorrência?

É necessário que o contador tenha escolhido qual será a área de atuação do seu escritório, por exemplo, ele só atenderá prestadores de serviços, comércio, ou os dois, transportes, indústrias, etc. Não adianta tentar atender vários clientes de muitas áreas e não se especializar para isso. 

Assim, aconselhamos escolher apenas uma área, para que você possa mapear seu cliente do início ao fim e ajudá-lo nas tomadas de decisões. 

Além do que já foi mencionado aqui, tente ajudar o seu cliente com diferenciais inovadores com base na legislação; e isso também fará com que o seu cliente perceba o valor do seu serviço. 

Ofereça serviços estratégicos

Quando se escolhe uma área de atuação, fica mais fácil identificar as dificuldades e oferecer serviços mais estratégicos. Como por exemplo:

  • Consultoria Financeira;
  • Recuperação de créditos tributários;
  • Análise das demonstrações financeiras;
  • Enquadramento correto;
  • Gestão empresarial.

Entre outras atividades que precisam de cuidados e que geram muitas dúvidas aos empresários.

Portanto, é preciso inovar e deixar de oferecer apenas o “básico”, como cálculo e entrega de impostos. Inclua diferenciais mencionados no texto e veja como sua estratégia de conquistar clientes terá um novo direcionamento em seu escritório de contabilidade. 

Nós do viver de contabilidade, apostamos em sua carreira e queremos que você seja um profissional reconhecido. 

E-book gratuito com tudo que você precisa dominar para ser um verdadeiro Contador Profissional.

Você gostaria de ter a Prática Contábil?

Dominar as atividades do dia a dia de um contador e atuar na área Fiscal, Contábil e Legal da contabilidade?

Já pensou em aprender 12 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Temos uma formação completa que ensina tudo que um contador precisa saber no dia a dia, Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado, e o melhor, na Prática!

Se você precisa da Prática Contábil, CLIQUE AQUI e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil