Você sabe o que é auditoria contábil?

Tempo de leitura: 4 minutos

Auditoria contábil é um processo de análise e conferência dos registros de uma empresa que permite verificar a real situação financeira e econômica. Esses procedimentos ajudam a evitar documentações incorretas, irregularidades na gestão, desvios de verba e problemas com o fisco.

É fundamental inclusive para rever a dinâmica de trabalho na companhia, já que a auditoria também pode ajudar a otimizar, automatizar e redesenhar os processos administrativos. 

Benefícios da auditoria contábil

Além de mostrar de forma mais detalhada e segura a realidade da empresa, também proporciona maior controle das finanças e uma gestão eficiente para fazer investimentos, traçar metas e fazer planejamentos com mais segurança.

A auditoria contábil permite que o empreendedor veja a empresa com total transparência. Entretanto, não apenas apresenta possíveis problemas, a auditoria também mostra causas e consequências e orienta sobre como corrigir as falhas observadas. 

Esse processo pode ser rápido ou longo, dependendo da quantidade de demandas que existirem. Quando uma empresa vai receber investimentos de terceiros ou está em processo de fusão ou aquisição, a auditoria contábil costuma ser uma exigência de garantia do negócio. 

Ou seja, a auditoria contábil atesta que a empresa cumpre com todas as regras do mercado e se mostra preparada para receber investimentos ou ser adquirida por outra companhia.

Contudo, independentemente do porte da empresa e se ela será vendida ou receberá investimentos, ter a certeza de que os controles internos estão sendo realizados de maneira eficiente é sempre fundamental para uma boa gestão. 

Dessa forma, a previsão de lucros e encargos é mais segura e fica possível prever como a empresa vai se comportar financeiramente em diversos cenários, inclusive em momentos de crise. 

Auditoria contábil interna e externa 

A auditoria interna é realizada na própria instituição para avaliar se as contas da empresa estão corretas e os valores estão alinhados e declarados corretamente. Além de verificar toda a documentação e cruzar os dados existentes. Ou seja, é uma revisão e apreciação dos controles internos. Em companhias de grande porte costuma haver um departamento especializado nessa área.

Já a auditoria externa é feita por empresas de auditoria independentes. Essa necessidade pode surgir quando um investidor ou comprador solicita, para ter mais segurança na transação, ou quando o fisco tem alguma suspeita de fraude ou irregularidade, como a sonegação fiscal

Como funciona?

Primeiramente, é preciso fazer uma pesquisa ambiental. Essa é a fase de reconhecimento para entender as operações, coletar informações e consultar os documentos da companhia.

Em seguida, começa o planejamento da auditoria, com a escolha de estratégias que serão mais efetivas e eficientes. O auditor deve especificar todos os procedimentos que irá adotar e como fará os testes.

Depois o sistema contábil e os controles contábeis são documentados em detalhes para serem avaliados. O objetivo dessa etapa é determinar os pontos fortes e fracos do sistema.

Na sequência, são realizados os testes. O primeiro verifica se os procedimentos de controle interno estão funcionando efetivamente e dentro das regras estabelecidas. Já o segundo, também chamado de teste substantivo, confirma a exatidão dos valores e de outras informações contidas nas demonstrações contábeis

Por fim, o auditor avalia os resultados obtidos nos testes, revisa a adequação das demonstrações contábeis e redige o parecer de auditoria, de acordo com as normas brasileiras de contabilidade.

Falhas e fraudes

A auditoria contábil pode concluir que os processos da empresa estão adequados e são bem executados ou apontar os problemas encontrados para que cada um seja corrigido. Entretanto, é preciso diferenciar falhas e fraudes. 

O primeiro é um ato não intencional e pode acontecer por desatenção ou má interpretação de fatos. Geralmente, são resultantes de processos mal desenhados, excesso de tarefas manuais e falta de um gerenciamento de dados integrado.

Já a fraude é mais grave e muitas vezes são casos de polícia. Pode ser omissão ou manipulação de transações, falsificação ou alteração de registros ou documentos, apropriação indébita de ativos, registro de transações sem comprovação, entre outras práticas contábeis indevidas.

Contudo, independentemente do resultado, a auditoria é peça fundamental para o bom desempenho das organizações, já que faz uma varredura, propõe melhorias, caso sejam necessárias, e favorece o crescimento transparente e seguro do empreendimento.

 

E-book gratuito com tudo que você precisa dominar para ser um verdadeiro Contador Profissional.

Você gostaria de ter a Prática Contábil?

Dominar as atividades do dia a dia de um contador e atuar na área Fiscal, Contábil e Legal da contabilidade?